quarta-feira, 15 de abril de 2009

ESTADO NATURAL

"Você não precisa ver Deus em quem quer que seja. Se você puder ver a pessoa real, ali de pé, isto é o suficiente"
.
.
.
.
Criar uma experiência que não é seu estado natural, não tem qualquer utilidade. Ela não lhe dá esperança. Ela simplesmente destrói sua vida e suas oportunidades de se tornar alerta e consciente da realidade como ela é. Não há qualquer necessidade de buscar Deus nas árvores. Se você puder ver as árvores como elas são, já terá percebido tudo. Por que impor Deus? Você não precisa ver Deus em quem quer que seja. Se você puder ver a pessoa real, ali de pé, isto é o suficiente. Deus simplesmente significa realidade, a realidade comum que circunda você.

Quando eu digo que Deus está nas árvores, eu não quero dizer que você tem que ver Deus nas árvores, que uma cabeça vai florescer na árvore e então aparecerá alguém que olhará para você e terá um encontro e um diálogo com você, e lhe dirá. ‘Alô!’ Quando eu digo veja Deus nas árvores, eu simplesmente quero dizer para ver as árvores como elas são, sem que você traga qualquer idéia sua. Veja a verdade da árvore. Este é o Deus da árvore, a sua cor verde, a sua flor, a sua alegria, o seu enraizamento, a sua força e fragilidade. Veja a verdade dela sem trazer qualquer noção de sua cabeça.
.
.
.
.

Um comentário:

Maria disse...

PRAZER

Que prazer é este estacionado em tua mente,
Que me deixa fincada nessa gazua,
gelada
silenciosa.

OBRIGADA PELO PRAZER DE ESTAR AQUI