terça-feira, 29 de dezembro de 2009

A CRIANÇA

A criança obediente é elogiada pelos seus pais, pelos professores, por todo mundo, enquanto a criança brincalhona é condenada. O seu espírito brincalhão pode ser absolutamente inofensivo, mas ele é negado porque potencialmente existe um perigo de rebelião. Se a criança continuar crescendo com total liberdade para ser brincalhona, ela vai acabar sendo um rebelde. Ela não será facilmente escravizada, ela não se alistará facilmente num exército para destruir pessoas ou ser destruída.

Uma criança rebelde acabará se tornando um jovem rebelde. Depois você não conseguirá forçá-lo a se casar, a aceitar um determinado trabalho; e a criança não poderá ser forçada a preencher os desejos e vontades não realizados de seus pais. Um jovem rebelde seguirá o seu próprio caminho. Ele viverá a sua vida de acordo com seus próprios desejos internos e não de acordo com os ideais de outras pessoas.

O rebelde é basicamente natural. A criança obediente está quase morta; então os pais ficam muito felizes porque ela está sempre sob controle.

O homem é estranhamente doente: ele quer controlar as pessoas. Controlando as pessoas o seu ego fica satisfeito, ele é alguém especial. Ele próprio também quer ser controlado, porque assim ele não é mais responsável.

Por todas essas razões, o espírito brincalhão é sufocado, é esmagado desde o início.

.

7 comentários:

M@ria disse...

Neste ano novo, quero ver as pessoas compartilhando felicidade,
distribuindo sorrisos e quero fazer parte desta festa de renovação pessoal.
Neste momento de reflexão, quero que meus votos de Feliz Ano Novo,
sejam mais que palavras soltas numa noite de festa.

Quero que elas entrem em seu coração, e desperte em você o desejo
de ver todos os objetivos alcançados, e os sonhos realizados.

Feliz Ano Novo!Feliz 2010!!

Com meu carinho de sempre M@ria

Denise Bomfim disse...

Assalamu Aleykum! Parabéns pelo Blog e belíssimo texto!
E...um mágico 2010!
Se tiveres um tempinho livre, visite o meu Blog idem.(Isto não é uma ordem e nem um pedido)rsrsr

Anônimo disse...

Crianças são crianças e ninguém jamais irá julgá-las,apontá-las ou mesmo condená-las por agir de acordo com seu espírito livre. Já quando é o adulto que age por intuição,ele é julgado um inconsequente por querer realizar suas vontades e desejos ao menos uma vez na vida! O que nisso tudo pode ser certo ou errado?
Abraços e um Feliz Ano Novo repleto de realizações!

EDUARDO POISL disse...

Para você,
Desejo o sonho realizado.
O amor esperado.
A esperança renovada.
Para você,
Desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir.
Todas as músicas que puder emocionar.

Para você neste novo ano,
Desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
Que sua família esteja mais unida,
Que sua vida seja mais bem vivida.
Gostaria de lhe desejar tantas coisas...
Mas nada seria suficiente...

Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes...
e que eles possam te mover a cada minuto,
ao rumo da sua FELICIDADE!!!

Abraços com todo meu carinho
FELIZ 2010

Hod disse...

Na Criança com sua arte é que tepositamos toda nossa esperança......

Feliz 2010.

Forte Abraço com muitas bençãos!!

Alôha

Hod.

O homem e a mente disse...

É exactamente isso. Uma criança é considerada malcriada por muitas vezes não preencher os gostos ou ordem de quem muitas vezes tem muita moral para vender e nada para usar.

Estas são postas de lado, porque se assume sempre que não têm consciência, e que não seguem o dito padrão. Muitas vezes o perigo está nos psicólogos que analisam estas crianças, roubando aquilo que tem de melhor, A LIBERDADE.

Claro que tudo isso deve é ser gerido e não escondido ou removido. Sei bem que é isso, passei por isso até chegar a conclusão que eu era mais esperto dos que me rodeavam.

Adorei, Bom 2010

Lumenamena disse...

A rebeldia na criança é normal e até saudável, mas infelizmente por vezes os pais se sentem incomodados com essa rebeldia natural, porque os seus filhos não ficam horas em frente à televisão sem incomodá-los.
Vejamos, uma criança hiperactiva é uma criança rebelde, porque não aceita ser contrariada. Em contrapartida, o seu comportamento doce e carinhoso manifesta-se logo de seguida.
Todos nós temos uma criança dentro de nós e a minha é tão grande!

Bom Ano 2010

Abraços,
Lumena