segunda-feira, 27 de julho de 2009

ILUMINAÇÃO

"Se você estiver cansado do mundo, cansado de sua angústia e ansiedade, e compreender que agora é hora de acordar, então não há dificuldade"

.

.

.

“Desde que me tornei iluminado, nunca mais encontrei alguém que não fosse iluminado”. Você só vê aquilo que é. Antes de me iluminar, acontecia o mesmo comigo – o mundo todo me parecia adormecido, na escuridão, na morte, não iluminado, porque você está sempre se refletindo em todo lugar. Todas as pessoas são apenas espelhos; você vê a si mesmo. Portanto, não se preocupe com os outros; pense em si mesmo. Este deve ser o seu problema.

Os outros não são problemas seus. Se são iluminados ou não, o que lhe interessa? Por que você teria que se preocupar? Se alguém quer permanecer não iluminado, é absolutamente da conta dele decidir sobre isso. Se quiserem brincar com o jogo de não serem iluminados, está perfeitamente bem. Se você estiver cansado do mundo, cansado de sua angústia e ansiedade, e compreender que agora é hora de acordar, então não há dificuldade. Ninguém pode impedi-lo. A decisão de jogar como um ser não iluminado ou jogar como um ser iluminado é somente sua. É só uma questão de decisão interior.

Num único momento, num golpe, você pode se tornar iluminado. Não é um processo gradual, pois a iluminação não é algo que você tenha de inventar. É algo a ser descoberto. Já está aí. Não é uma coisa que você tenha de manufaturar. Se tivesse de manufaturar, é claro que levaria tempo; mas já está aí. Feche os olhos e sinta. Fique em silêncio e prove o sabor. A sua própria natureza é o que chamo de iluminação. Iluminação não é algo alheio, algo que está fora de você. Não está em nenhum outro lugar do tempo e do espaço. É você, é o seu próprio centro.

.

.

.

3 comentários:

Tio Rogs disse...

Me iluminei.
Mas já me apaguei de novo... hehe

angela disse...

Bonito isso que ele fala e desmistifica um monte de conversa sobre o assunto.
abraços

Berenice disse...

Carlos,
gosto muito das mensagens de Osho. Acho de uma incrível clareza e leveza. Estou seguindo teu blog. Bjos.

berenice