sábado, 25 de julho de 2009

FALTANDO ALGO

"E a melhor maneira de destruir uma criança é destruindo a sua crença em si mesma"
.
.
.
.
Você sente que está faltando alguma coisa porque desde a sua infância lhe foi dito que você, em si mesma, é intrinsecamente inútil. Do jeito que você é, não tem valor algum. O valor tem que ser obtido, o mérito tem que ser evidenciado. Desde o início de sua infância, isto lhe foi ensinado milhões de vezes. Os pais, os professores, os sacerdotes, os políticos, todos eles conspiram secretamente para destruir a criança. E a melhor maneira de destruir uma criança é destruindo a sua crença em si mesma.
.

Para destruir a crença dentro de uma criança, você tem que lhe provar que o valor não é algo dado pela natureza, mas sim que deve ser conquistado na vida. E você pode perdê-lo, a não ser que você trabalhe, seja muito ambicioso, lute com os outros... E para alcançar esse valor tem que lutar, olho por olho, dente por dente, tem que pisar na garganta do outro. Você foi condicionado a ser violento, ambicioso e cheio de desejos: para ter mais dinheiro, mais poder e mais prestígio.
.
.
.
.

4 comentários:

angela disse...

Oi
tem um selo/premio para você no meu blog. passe por lé.
beijo

Lúcia Leite disse...

A criança como ser em formação deve ser cuidada, protegida e cercada de todo amor para que possa desenvolver suas potencialidades plenamente. Porém uma criança que desde seu nascimento recebe cobranças indevidas, lhe são passados valores duvidosos e é atingida na sua auto-estima, que está em processo de formação, vai crescer descrente em seu potencial, que lhe é sonegado pela educação que recebe seja de pais, professores, religiosos ou da própria sociedade, que infelizmente lhe deseduca, impondo princípios duvidosos, onde vale mais quem tem mais e que para conseguir seus objetivos vale tudo, o respeito ao outro inexiste, conquanto que procure atingir os objetivos traçados pela "educação duvidosa" que recebeu, onde o ter é mais valioso que o ser. Não querendo dizer com isto que devemos deixar de nos esforçarmos para ter uma vida digna, que atenda nossas necessidades materiais, mas não podemos esquecer valores que nos nortearão pelo resto da vida e que farão a diferença entre sermos cidadãos cônscios e responsáveis ou sairmos por aí como vândalos, desrespeitando a tudo e a todos, espalhando os germes de uma educação má-conduzida e tornando a vida em sociedade cada vez mais violenta e desumana.
Devemos ter o máximo de cuidado e responsabilidade com os valores que vamos incutir na cabecinha de nossas crianças ao longo de sua formação socio-educativa-religiosa, pois estaremos formando seres que irão perpetuar os valores que lhe são passados através de suas ações, fazendo a diferença para uma sociedade mais justa ou ainda mais desajustada em seus príncipios.
Devemos nos lembrar sempre que as crianças copiam e aprendem tudo que vêem e vivenciam, certo ou errado, pois em suas mentes estes conceitos vão ser absorvidos durante seu processo de formação, sendo pois futuros multiplicadores de valores altruístas ou que possam vir a desarticular ainda mais nossa sociedade tão egocêntrica e permeada por valores duvidosos. Pensemos nisso, pois o resultado final de uma educação saudável ou pautada em erros , futuramente recairá sobre nós mesmos.

Nanda Botelho disse...

Concordo! Inclusive acho aquela frase que ensinam para as crianças um horror! "Estude para ser alguém!" Mas para isso não precisamos só nascer?

Bjão!

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A qualquer hora em que chegares,
sentarás comigo à minha mesa.
A qualquer hora em que bateres a minha porta,
o meu coração também se abrirá.
A qualquer hora em que chamares,
eu me apressarei.
A qualquer hora em que vieres,
será o melhor tempo de te receber.
A qualquer hora em que te decidires,
estarei pronto para te seguir.
A qualquer hora em que quiseres beber,
eu irei a fonte.
A qualquer hora em que te alegrares,
eu bendirei ao Senhor.
A qualquer hora em que sorrires,
será mais uma graça que o senhor me concede.
A qualquer hora em que quiseres partir;
eu irei à frente nos caminhos.
A qualquer hora em que caíres,
eu estenderei os braços.
A qualquer hora, em que te cansares,
eu levarei a cruz.
A qualquer hora em que te sentires triste,
eu permanecerei contigo,
A qualquer hora em que te lembrares de mim,
eu acharei a vida mais bela.
A qualquer hora em que partires,
ficarás com a lembrança de uma flor.
A qualquer hora em que voltares,
renovarás todas minhas alegrias.
A qualquer hora que quiseres uma rosa,
eu te darei toda roseira.
Eu te digo tudo isso, porque não posso imaginar
uma amizade que não seja toda,
de todos os instantes e para todo bem.

by: Cid Moreira

Desejo uma linda semana com muito amor e carinho.
Abraços
Eduardo